Conhecendo os Vulcões.

Depois de conhecer um pouco sobre os vulcões e saber o porquê eles ocorrem, chegou o momento de construir um modelo de vulcão para simular a ocorrência de uma erupção com lava incandescente se deslocando pelas laterais.
Os alunos se organizaram em duplas, para a construção de uma maquete em sala.

A turma do 4º ano visitou o Laboratório de Ciências para compreender como são as etapas de uma erupção vulcânica e algumas curiosidades sobre o assunto. Com a atividade desenvolvida no Laboratório de Ciências Naturais, eles puderam ver seu vulcão ativo, colocando-o em erupção.

Professoras Tádia e Delziete

Conheça os cinco países com mais vulcões ativos.

Chile

Calcula-se que o Chile tenha 95 vulcões em atividade. Atualmente, os mais ativos estõo em Villarica, no sul, cuja erupção mais recente ocorreu em março deste ano. O Copahue fica na fronteira com a proví­ncia de Neuquén, na Argentina, e continua lançando gases e cinzas ocasionalmente.

Indonésia

Especialistas dizem que há 120 vulcões ativos na Indonésia. O monte Merapi, a 400 quilômetros da capital Jacarta, um dos mais ativos, é monitorado de perto.

O monte Sinabung, no norte de Sumatra, por exemplo, registrou uma erupção no início de abril.

Na Indonésia também ocorreu uma das maiores erupções vulcânicas já registradas: a do vulcão Tambora, ocorrida em 1815. As cinzas lançadas alcançaram uma altura de 30 quilômetros e chegaram a afetar plantações na Europa.

Estados Unidos

Cerca de 130 vulcões ativos seriam monitorados constantemente por autoridades americanas.

Mas a decisão de monitorar ou não um vulcão, segundo Donovan, é um tema difí­cil.

“Financiar o monitoramento de um vulcão, em qualquer paí­s, pode ser uma decisão controversa”, disse ela. “Isso porque as erupções são muito raras. Você pode monitorar um vulcão por milhares de anos sem ver uma erupção”.

Japão

O Japão é lugar de um grande número de vulcões ativos. Segundo afirmou Bill McGuire, professor de Geofísica e Perigos Climáticos da University College de Londres, o paí­s tem 66 vulcões.

“Entre eles se inclui o monte Fugi, que pode entrar em erupçãoo em um tempo relativamente curto”.

Rússia

Na Rússia, a maioria dos vulcões ativos estão concentrados na pení­nsula de Kamtchatka, na Sibéria, na região mais oriental do paí­s.

Um dos maiores e mais ativos é o Shiveluch, conhecido pela violência de suas erupções.

Outros é o Plosky Tolbachik, que depois de ficar adormecido desde 1976, entrou repentinamente em atividade em 2012.

Apesar de listarem esses cinco paí­ses, os especialistas afirmam que devido à  falta de investigações sobre a história de muitos vulcões, é muito difí­cil saber quantos estão ativos.

[ngg_images source=”galleries” container_ids=”46″ override_thumbnail_settings=”0″ thumbnail_width=”240″ thumbnail_height=”160″ thumbnail_crop=”0″ images_per_page=”30″ number_of_columns=”3″ ajax_pagination=”1″ show_all_in_lightbox=”0″ use_imagebrowser_effect=”0″ show_slideshow_link=”0″ slideshow_link_text=”[Show slideshow]” template=”/home/storage/2/32/f2/site1392288026/public_html/wp-content/plugins/nextgen-gallery/products/photocrati_nextgen/modules/ngglegacy/view/gallery-caption.php” order_by=”sortorder” order_direction=”ASC” returns=”included” maximum_entity_count=”500″ display_type=”photocrati-nextgen_basic_thumbnails”]

By |2017-08-09T10:17:30-03:0007/03/2017|Belo Horizonte, Ensino Fundamental I, Notícias|

A Associação Educacional Escolápia Feminina é uma entidade beneficente da área de educação, portadora do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social - CEBAS-Educação.