Logo do ENEM

Exame Nacional do Ensino Médio 2020

Acontece no próximo domingo (17) o primeiro dia de provas impressas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a principal porta de entrada no ensino superior em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificado (SISU) – ou para obtenção de bolsas integrais e financiamento estudantil, através do PROUNI e do FIES.

Lidar com a ansiedade antes de fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ficou ainda mais complicado em meio à pandemia do novo coronavírus. Por isso, recomendamos que os estudantes descansem, alimentem-se bem e que separem com antecedência tudo que precisarão levar no dia do exame.

Uma forma de tentar driblar a ansiedade é se sentir minimamente preparado. Então, além de separar os itens para levar no dia do exame, a semana pode ser voltada para a revisão de conteúdo. Fazer provas anteriores, rever provas de anos anteriores, assuntos que mais caem pode gerar confiança.

As provas não deverão sofrer grandes alterações

Rommel Domingos especialista em Enem e diretor de ensino do grupo Bernoulli Educação, que figura há seis anos em primeiro lugar no Brasil em desempenho no exame, diz que as provas deste ano não deverão sofrer grandes alterações em relação aos vestibulares passados, mesmo com as dificuldades impostas aos alunos de escolas públicas e baixa renda na preparação para o exame.

“Possivelmente elas virão no formato do ano passado com o mesmo grau de dificuldade. Os temas também não mudarão muito e a constituição da prova também não mudará. Uma vez que são questões do banco de dados do Inep, que é gigante e não foi construído durante a pandemia. É desse banco de dados que são elaboradas as provas. Portanto, os professores não esperam mudanças na constituição da prova”, afirma.

Enem na pandemia

Segundo Rommel, a ansiedade somada aos diversos protocolos sanitários para realização da prova devem ser os principais desafios dos candidatos. “O maior desafio será a questão da pandemia, uma vez que nós chegamos em janeiro com ela. Assim, os alunos deverão usar máscara de proteção, provavelmente haverá a disponibilização de álcool em gel nas salas e o estudante deverá evitar aglomeração nos dias das provas, mesmo se eles encontrarem pessoas conhecidas e colegas que não veem há muito tempo. Possível haverá essas regras de distanciamento social”, explica.

“Minha orientação é de o aluno ter cautela nos dias das provas e seguir as orientações dos aplicadores das provas”, diz. A insituição de Rommel desenvolveu uma plataforma de simulados digitais para que alunos do Brasil inteiro possam se preparar para o Enem com o auxílio gratuito de uma ferramenta utilizada por alunos que obtêm os melhores resultados.

O Enem será realizado nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021, na versão impressa. As provas digitais serão realizadas dias 31 de janeiro e 07 de fevereiro.

Fonte: Enem 2020
Disponível em: https://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2021-01-11/enem-2020-devera-manter-nivel-de-dificuldade-de-outros-anos-diz-especialista.html