Por que as aves não se molham quando mergulham?

Os alunos do 2º Ano do Ensino Fundamental I ao estudar sobre os animais, realizaram uma interessante experiência, para descobrir o motivo no qual algumas aves não se molham quando mergulham. 

Eles recortaram dois pedaços de papéis em forma de asas e, coloriram um pedaço todo com giz de cera e o outro não. Ao jogar água sobre os dois papéis observaram que o sem o giz ficou encharcado e o outro absorveu pouca água, pois ficaram impermeabilizados com a cera, do mesmo modo que as penas das aves ficam com a secreção oleosa que elas produzem e espalham sobre o corpo com o seu bico. A atividade foi muito interessante! 

 

Quais são as aves que possuem este óleo impermeabilizador? 
Pelo menos metade das aves tem a capacidade de não ficar com as penas molhadas ao entrar na água, dentre elas as galinhas, os canários, os patos e os marrecos, sendo essa uma função predominante e muito necessária nas aves aquáticas. 

Isso acontece porque as aves possuem uma glândula sob a cauda e próxima à cloaca chamada de uropígea onde é produzido um óleo. 

A ave usa seu bico para pressionar a glândula e expelir o óleo. Em seguida espalha-o sobre suas penas, e é ele quem as torna impermeáveis par evitar que fiquem encharcadas. Essa secreção é importante para proteger o animal da chuva que poderia atrapalhar seus movimentos e também para ajudá-lo a manter-se limpo.

aves-46

Veja mais: